Vale a pena fazer depilação a laser?

O Brasil é um país campeão em depilação. É alta a procura para eliminar os pelos do corpo, seja nas pernas, axilas e nas partes íntimas. Tanto homem, tanto mulher são adeptos do tratamento, que tem diversos métodos para ser feito. Para quem não gosta de ficar repetindo os tratamentos mensalmente, hoje o mais recomendando são as depilações a laser, que preza pela retirada quase definitiva dos pelos.

A depilação a laser é o método mais eficaz para quem não gosta dos pelos. Ela é uma tratamento de remoção progressiva dos pelos, que utiliza a fototermólise seletiva como técnica para a eliminação dos mesmos.

A energia do laser, em forma de luz, atrai o pelo e capta a melanina, o pigmento encontrado na haste do fio e que dá a ele cor – como, também, à nossa pele. Essa energia retarda o crescimento do fio e elimina a sua capacidade de produzir novos fios. Os pelos vão crescendo mais lentamente e tornam-se mais finos e claros.

O método pode causar dor dependendo da sensibilidade da pessoa. Existe um certo desconforto a cada disparo do laser, mas, em geral, a “dor” é bastante suportável – isso tudo também depende de cada região que o laser é aplicado: a dor em uma aplicação na virilha tende a ser maior do que na axila, por exemplo.

O preço para o tratamento varia de acordo com a região em que você mora, com a parte do corpo a ser depilada e com o tipo de laser a ser usado no tratamento. Além disso, o número de sessões também influenciam. É sugerido que o tratamento dure, em média, seis sessões, pois a cada sessão, os pelos vão sendo cada vez mais eliminados, enquanto outros vão sendo danificados.

Por isso, são necessárias algumas sessões para eliminar esses pelos mais resistentes. Uma sessão é insuficiente para atingir o resultado desejado. Mesmo as áreas com poucos fios passam pelo processo descrito acima: alguns são removidos, enquanto outros persistem. O intervalo entre cada sessão geralmente dura, no mínimo, 30 dias, para que os pelos atinjam as duas fases.

O método tem um custo mais elevado, porém ele age progressivamente e, a cada sessão, menos pelos nascem. A depilação a laser é o mais próximo da eliminação total dos pelos, mas lembre-se sempre ficam alguns resistentes, o que não será suficiente para você não amar o resultado final.