Tratamento de olheiras tem sido cada vez mais comum no consultório

As olheiras ainda são a causa de muito desconforto para as mulheres, que acabam optando em passar aquele corretivo básico para esconde-las no dia a dia. Causando um aspecto cansado ao visual, as olheiras existem em diferentes tipos e o ideal é apostar em tratamentos eficazes, diferentes para cada, para garantir um rosto mais bonito.

A olheira profunda geralmente é causada pela genética. Ela deixa o aspecto dos olhos bem fundo e o tratamento mais adequado para o caso é o preenchimento com ácido hialurônico, que corrige a depressão causada e deixa o rosto com aspecto bem natural.

De coloração mais arroxeada, azulada ou avermelhada a olheira com componente vascular ocorre por um aumento da vascularização local. Ela é mais visível em peles finas e vão piorando com o cansaço. O melhor tratamento é feito com lasers que atingem os vasos ou, dependendo do nível do problema, com cremes que ativam a circulação da região.

De coloração mais castanha, a olheira com componente pigmentar ocorre por deposição de melanina na pele. Mais frequente em pacientes de pele morena, o problema tem uma tendência genética e é comum em pessoas com antecedentes alérgicos. O tratamento pode ser feito por meio de cremes que possuem substâncias clareadoras ou peelings e lasers.

Existe também um tipo de olheira onde é uma combinação das citadas acima, e ela é a mais comum. Neste e nos outros casos o melhor a se fazer é procurar a ajuda de um especialista para saber qual o melhor procedimento para sua pele. Aqui na Roberta Erolles Estética Avançada e Micropigmentação nossos profissionais estão abertos a recomendar o melhor tratamento para você!